Granizo e vendaval atingem municípios do Oeste de SC

Por Júnior Recalcati 02/10/2017 - 08:27 hs
Foto: Defesa Civil

 

Uma chuva de granizo acompanhada de ventos de até 100 km/h atingiu municípios do Oeste de Santa Catarina no fim da tarde deste domingo. De acordo com a Defesa Civil, o fenômeno foi registrado em Xanxerê, Chapecó, União do Oeste, Irati, Jardinópolis e Nova Itaberaba. Por volta das 19h, a regional Chapecó da Celesc, que abrange 42 cidades, registrava 21 mil unidades consumidoras com fornecimento de energia elétrica interrompido.

Em Chapecó, a chuva de pedras de gelo começou por volta das 16h30. Os bairros mais afetados foram Efapi, Jardim AMérica, São Cristóvão, Santo Antônio, Alvorada, Eldorado, Bela Vista, SAIC, Presidente Médice e Centro. Até as 19h, não havia informações sobre pessoas desabrigadas, mas pelo menos 15 rolos de lonas do Corpo dos Bombeiros foram distribuídos para cobrir telhados danificados. Na Avenida Leopoldo Sander, parte da estrutura de um galpão ficou destruída. A Defesa Civil contou ainda 15 árvores caídas pela cidade.

Em Jardinópolis, o fenômeno climático foi registrado às 17h. Um total de 25 casas teve telhados perfurados e um galpão de 88 metros de comprimento e estrutura precária ruiu em função do vento. Ninguém ficou desabrigado, e lonas foram distribuídas.

Na cidade de São Lourenço do Oeste, a tempestade começou por volta das 17h30 e o granizo atingiu o interior do município na Linha Santana do Bela Vista. Foram registrados danos em uma escola, uma igreja e um ginásio de esportes, além de um restaurante e de um posto de combustíveis. 

Em Concórdia, uma residência foi parcialmente destelhada pela queda de uma árvore. Em Itá, caiu granizo nas comunidades de Adolfo Konder, Alvorada e São Francisco e um imóvel foi danificado. Em Seara, o tráfego na SC-283 ficou em meia pista por causa de um deslizamento de rochas de tamanho médio.

Dados coletados pelo radar meteorológico de Chapecó e pela estação agrometeorológica da Epagri/Ciram na cidade indicam rajadas de vento de cerca de 100 km/h e precipitação de 16 milímetros em um hora de chuva.

Previsão

O tempo nesta segunda-feira começará encoberto com chuva no Oeste, Meio-Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul, melhorando com a presença do sol a partir da tarde. Nas demais regiões, a previsão é de chuva no decorrer do dia por causa do avanço de uma frente fria para o Estado. O alerta da Defesa Civil sobre temporais localizados com granizo permanece para esta segunda-feira, com risco de ocorrência do fenômeno em todo o Estado.

Recomendações da Defesa Civil

Tempestades com descargas elétricas (raios), ventos fortes e granizo: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. Não olhe para o raio. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade!

Alagamentos/inundações: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: Deve ser observada qualquer movimento de terra ou rochas próximas as suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil Municipal 199 ou Corpo de Bombeiros 193.

 

Fonte: Diário Catarinense