Mercoleite reúne principais empresas e produtores na Faísmo 2017

Evento terá disputa com ranqueamento nacional

Por Oeste em Foco 16/11/2017 - 08:24 hs
Foto: Ivan Ansolin | Agência IAF | Ascom Faísmo 2017

Com grande participação de expositores, a Mercoleite deste ano se destaca dentro da Faísmo, onde um setor inteiro foi dedicado ao mercado do leite, que reúne exposição de animais, produtores, prestadores de serviços, industriais, equipamentos, medicamentos, tecnologia (software gestão), distribuidoras de sêmen, instituições de ensino de nível técnico e superior, Senar, cooperativas, Faesc e sindicatos, além de conhecimento de novas tecnologias e troca de experiências entre produtores, técnicos e empresas.

A abertura oficial aconteceu às 17h, com a presença do coordenador Geral da Feira, Edney Prigol, do coordenador da Mercoleite, Nédio, do prefeito, Wilson Trevisan, do gerente Regional da Epagri, Jonas Ramon, do secretário da Agricultura de São Miguel do Oeste, Renato Romancini, e dos presidentes da Acismo, César Signor, e da CDL, Solani Balbinot.

A Mercoleite foi reformulada com o propósito de mostrar a força dessa cadeia produtiva, que, com os milhões de reais movimentados mensalmente, mantém famílias no campo, gera empregos na cidade, envia alimentos para o mundo e garante sonhos e planos futuros. A região Extremo-Oeste abriga a quarta maior bacia leiteira do Brasil.

Além da exposição de animais, haverá julgamento, com aptidão leiteira de alta genética para compra e visualização;  Exposição de equipamentos e demonstração de funcionamentos;  Palestras e oficinas práticas de diversos temas: Nutrição animal, melhoramento genético, mastites e qualidade do leite sanidade animal, e o uso da homeopatia na bovinocultura de leite, e degustação de produtos lácteos visando a promoção de produtos industrializados.

Também haverá Campeonato de Terneiras e Novilhas – Categorias para Julgamento de  Raça Holandesa na categorias:  terneira, de  0 a 6 meses; novilha, de 7 a 12 meses, e novilha, com 13 a 18 meses. Na Raça Jersey: terneira de 0 a 6 meses, novilha, de 7 a 12 meses e de 13 a 18 meses.

O Torneio Leiteiro, com as seguintes categorias para o campeonato: Raça Holandesa, novilha dois dentes permanentes (pinça), 1º parto;  Vaca Jovem, com quatro dentes permanentes (pinça e primeiro médio), 1 ou 2º parto;  Vaca Adulta, com mais de quatro dentes permanentes na arcada dentária (pinça, primeiro e segundo médio) e acima do  2º parto.

Na Raça Jersey:, a disputa será para novilha com dois dentes permanentes (pinça) e 1º parto;  Vaca Jovem, com quatro dentes permanentes (pinça e primeiro médio), 1º  ou 2º parto, e Vaca Adulta, com mais de quatro dentes permanentes na arcada dentária (pinça, primeiro e segundo médio), e acima do 2º parto.

Todas as categorias terão 1º, 2º e 3º lugar e serão agraciados com premiação em dinheiro, rosetas e medalhas. As premiações serão: Campeonato Terneira e Novilha – Holandesa e Jersey: 1º lugar medalha e R$ 1.000; 2º lugar medalha e R$ 500,  e o 3º lugar medalha e R$ 250 .

Torneio Leiteiro – Holandesa e Jersey: 1º lugar medalha e R$ 1.000; 2º lugar medalha e R$ 500,  e o 3º lugar medalha e R$ 250.

Fonte: Agência IAF