Quinta, 04 de Junho de 2020 22:58
(49) 99110-3040
Saúde Coluna Bruna Antunes

Covid-19: A pandemia que nos fez parar

Confira a coluna da psicóloga, Bruna Antunes, desta semana

02/04/2020 21h17 Atualizada há 2 meses
Por: Bruna Antunes Fonte: Oeste em foco
Oeste em foco
Oeste em foco

De repente, tudo parou, lojas fechadas, ruas vazias, praças sem ninguém. Não vou me deter aos aspectos clínicos do coronavírus,  pois acredito que todos já sabemos e estamos a par dessa parte.

O que ninguém pode deixar de lado, neste momento, são  as situações que estão por trás de todo esse movimento. O governo de Santa Catarina, desenvolveu uma cartilha onde aborda a saúde mental das pessoas em períodos de crise, onde o medo e as incertezas tomam conta da população.

O isolamento social é o “grande vilão“ da rotina. Porém, para amenizar este momento de afastamento, as redes sociais são boas aliadas. Aproveite para colocar em dia aquela conversa com alguém que você anda adiando. Aproveite para estudar, ler, ver vídeos, se conhecer. 

É importante que você fale como está se sentindo. Você pode desenvolver atividades que gosta mesmo sem sair de casa.

Tome cuidando com o excesso de informações e com as fake news. Informações exageradas ou falsas, fazem com que o pânico causado pela pandemia aumente.

Já são quase três semanas de isolamento social. Aos poucos as coisas vão voltando ao normal. Temos que ter em mente que toda crise passa. Que toda crise vai trazer boas e más consequências. Façamos o que está ao nosso alcance,  o que está dentro do nosso controle: cuidar da saúde,  da higiene,  evitar sair de casa,  não espalhar falsas noticias, manter a calma, focar em bons acontecimentos. A cura do Covid-19, as atitudes de outras pessoas  a economia mundial, as decisões do governo, não estão sob seu controle, portanto, não permita que isso tire sua paz. Se cada um cuidar de suas atitudes, o momento será menos dolorido.

Estamos todos sob uma constante incerteza, a psicologia se coloca nessa situação. O medo da contaminação, a angústia quanto ao tempo em que essa pandemia irá durar, o quanto cada um será afetado,  direta ou indiretamente,  traz a luz quais podem ser as possíveis manifestações psicológicas das pessoas. É necessário o fortalecimento das ações de enfrentamento e principalmente de ações em que a população que se diz receosa, se conscientize de sua responsabilidade. Mesmo com a drástica redução de convívio social, ainda percebo o descaso de muita gente com os cuidados básicos. Essa questão traz revolta em quem se vê cuidadoso e protetor,  podendo fazer com que o estresse, indignação,  raiva e um possível descontrole causem novos problemas, principalmente quando exposto, nas redes sociais, por exemplo. Por isso, tomamos cuidado para que a situação do coronavírus não seja semente para o surgimento de outros sofrimentos.

As pessoas sempre reclamam que não tem tempo para fazer as coisas. Aprender a lidar e organizar o tempo nos fortalece. A pior solidão é a de você mesmo. É quando não encontra em si um companheiro. Agora não é momento de queixar-se aos quatro ventos: reclamar só irá carregar negativamente nossa saúde mental, fazendo com que nossa imunidade abaixe. Pensamentos positivos ajudam a melhorar nosso modo de pensar, pois criamos esperança, e assim vislumbramos possibilidades antes não pensadas.

Lembre-se: o mais assustador não é a realidade, é o que pensamos sobre ela.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Bruna Antunes
Sobre o Bruna Antunes
Bruna Antunes, natural de Descanso, tem 32 anos, é Bacharel em Psicologia pela UNOESC de São Miguel do Oeste e graduada em Administração de Pessoas pela Uniasselvi, e atua como psicóloga do CRAS de São João do Oeste. A coluna objetiva abordar temas relacionados à psicologia de forma clara a fim de agregar conhecimentos e facilitar a interpretação dos leitores. Além disso, Bruna destaca reflexões sobre a importância e os cuidados necessários com a saúde mental.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (05/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sábado (06/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias