Quinta, 13 de Agosto de 2020 22:41
(49) 99110-3040
Tecnologia Covid-19

Alemanha lança tecnologia que poderia inspirar SC no combate à Covid-19

O governo alemão lançou um aplicativo de celular que, de forma colaborativa, rastreia quem manteve contato com pessoas infectadas pelo novo coronavírus nas últimas duas semanas.

17/06/2020 10h51
Por: Maico Zanotelli Fonte: NSC
Divulgação
Divulgação

O software ajudará a conter surtos de Covid-19 na origem, algo fundamental para que medidas de isolamento possam ser relaxadas.

Santa Catarina deveria ficar de olho no exemplo europeu. O estado começou a ensaiar as primeiras estratégias de rastreamento de contatos.

Na Alemanha, funciona assim: o cidadão baixa o programa voluntariamente e aceita ter informações coletadas com o uso do sistema Bluetooth. Por meio da comunicação entre os smartphones, será possível identificar e contatar pessoas que permaneceram perto do paciente por mais de 15 minutos e a uma distância inferior a 1,5 metro.

Coreia do Sul, Nova Zelândia, Itália, França e Austrália também apostaram em aplicativos de rastreamento contra a Covid-19 depois que conseguiram baixar a curva de casos.

Sem a tecnologia digital, a tarefa de rastrear possíveis contaminados exige enormes recursos e tempo. Ainda mais num país em que a pandemia não para de crescer, como o Brasil. E não há notícia de coordenação nacional para uma iniciativa do tipo.

Experiências em SC

Santa Catarina, pela vocação na área de TI, tem potencial para desbravar esse caminho. Até já existem duas ferramentas de rastreamento desenvolvidas no estado. Uma em Florianópolis e outra em Blumenau.

São bastante semelhantes, mas somente a da Capital, desenvolvida pela startup Smart Tracking, está em implantação, com apoio de empresas e prefeitura. A de Blumenau foi concluída e testada pela Lilium Sistemas no fim de março. Quatro municípios demonstraram interesse, mas nenhum até o momento pôs a ideia em prática.

Em ambos os softwares, os cidadãos precisam fazer check-in em estabelecimentos comerciais e ônibus, fotografando um QR Code com a câmera do celular. Assim, quem compartilhou ambiente fechado com alguém infectado receberá mensagem de orientação. Cabe à autoridade de saúde atualizar o sistema com os casos confirmados.

As propostas catarinenses dão mais trabalho para o usuário que o modelo alemão, mas rodam na web, sem necessidade de baixar app. Todas, incluindo a alemã, garantem que protegem os dados dos usuários.

Blumenau

A prefeitura de Blumenau já possui um aplicativo, o Pronto Mobile, em que o cidadão se relaciona com o sistema público de saúde. Nele há informações sobre consultas, prescrições e agendamento de vacinas, entre outros. Durante a pandemia, uma nova funcionalidade foi inserida: a de monitoramento dos pacientes positivos ou suspeitos, via localização e mensagens enviadas por servidores.

O contingente de cidadãos já interagindo com o Pronto torna-se um privilégio para enfrentar aquele que é o maior desafio: adesão. Estima-se que 60% da população precise engajar-se para o esforço coletivo dar resultado. Algo ainda distante mesmo para os disciplinados alemães.

Uma ferramenta simples e segura (especialmente no tema da privacidade de dados) é o primeiro passo. Para avançar, é necessário o envolvimento do poder público e da sociedade civil para engajar os cidadãos.

Que tal?

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Miguel do Oeste - SC
Atualizado às 22h23 - Fonte: Climatempo
16°
Muitas nuvens

Mín. 15° Máx. 20°

16° Sensação
10.2 km/h Vento
89.9% Umidade do ar
67% (30mm) Chance de chuva
Amanhã (14/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 24°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (15/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 21°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias