Domingo, 25 de Outubro de 2020 10:05
(49) 99110-3040
Segurança Pública Ataque

Cães são mortos após ataque de pitbull em Itajaí

Especialista explica sobre o comportamento da raça

16/10/2020 11h23
Por: Maico Zanotelli Fonte: NSC
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Dois cachorros da raça yorkshire foram mortos em um ataque cometido por dois pitbulls, em Itajaí, no bairro Vila Operária, nesta semana. A dona dos yorkshires fez um vídeo lamentando a morte dos "filhos" — como ela gostava de chamá-los — e pedindo por Justiça.

Cristiane Lisboa Marinho Viturino, 36 anos, foi acordada na manhã de terça-feira (13) por volta das 7h30min, pelo Frederico — um dos cachorrinhos. Como fazia todos os dias, ela levou ele o outro cachorro passear próximo a um terreno baldio que fica ao lado do prédio. Foi neste momento que eles foram surpreendidos e atacados por dois pitbulls.  

— Comecei a gritar, gritar, gritar e aí os vizinhos vieram, meu marido desceu e um caminhão de mudança que estava na esquina do prédio foi para cima dos dois cachorros. Só que eles só os largaram depois que já estavam mortos — lembra Cristiane. 

Ela conta que tentou salvá-los, mas por eles serem muito pequenos e o ataque ter sido repentino, não teve tempo. 

— Eles eram pequenos, um tinha 2,5 quilos e a Meg tinha 1,8 quilo, então foi só uma bocada. Muito rápido — conta.

Cristiane relata ainda que após os dois pitbulls atacarem os cachorros dela, ainda teriam atacado uma senhora e outro animal de estimação. Depois, ambos entraram em um outro terreno e atacaram outro cão.

A dona de Frederico e Meg registrou um boletim de ocorrência na delegacia e pede por Justiça:

— Nós  já sabemos quem são os donos e onde eles moram. Os cachorros ainda estão lá como se nada tivesse acontecido, eles ficam soltos dentro do portão e em qualquer oportunidade e descuido dos donos eles fogem. 

Comportamento agressivo não é exclusivo da raça, diz veterinária

A médica veterinária Julia Stanchack Tessari explica que este comportamento agressivo dos pitbulls não é exclusivo da raça, mas tem relação direta com a forma que o cachorro é tratado pelos donos. 

— Pode ser um poodle, como pode ser um pitbull. Eles podem atacar igual. É muito mais do jeito que o cachorro foi tratado do que propriamente da raça. É claro que o pitbull tem muito mais musculatura, então quando eles mordem o estrago é maior. Tenho dois pitbulls em casa e eles nunca morderam ou atacaram ninguém — afirma Julia.

O ataque repentino de um pitbull ainda diz respeito à falta de socialização com outros cachorros, o que pode ser desencadeado pelo medo dos próprios donos de que algo aconteça enquanto estiverem passeando na rua, explica a veterinária:

— Geralmente são pessoas que deixam os cachorros o dia inteiro em casa. Não são cachorros que conseguem andar na rua sem serem malvistos e acabam ficando com medo. Por não serem levados para passear, ficam mais ansiosos em casa e o ataque acaba acontecendo.

Cristiane, a dona dos yorkshires atacados, relata ainda que as quatro vítimas estão se unindo e já acionaram um advogado. 

— Como eles disseram que não vai dar em nada, então eu vou pra frente mesmo, nem que seja a última coisa que eu faça para honrar a vida dos meu "filhinhos".

Veja o vídeo que viralizou na internet

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Miguel do Oeste - SC
Atualizado às 09h48 - Fonte: Climatempo
22°
Pancada de chuva

Mín. 16° Máx. 28°

22° Sensação
15.9 km/h Vento
39.5% Umidade do ar
90% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 23°

Chuva e trovoadas
Terça (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 24°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias