Quinta, 03 de Dezembro de 2020 22:19
(49) 99110-3040
Esporte Crise?

Inter comete erros e é derrotado por um Santos desfalcado

Peixe fez 2 a 0 na Vila Belmiro neste sábado (14)

14/11/2020 18h34
Por: Júnior Recalcati Fonte: Correio do Povo
Inter | Divulgação
Inter | Divulgação

O segundo capítulo da história entre Abel Braga e Inter não foi bom. Na tarde deste sábado, o Colorado cometeu erros importantes e foi derrotado por 2 a 0 por um Santos totalmente desfalcado por um surto de Covid-19. O resultado na Vila Belmiro prejudicou por completo a manutenção da liderança no Campeonato Brasileiro. A equipe gaúcha pode perder a primeira colocação para Flamengo e Atlético-MG. 

Primeiro tempo equilibrado 

Santos e Inter entraram em campo neste sábado com a promessa de um jogo equilibrado e disputado. Ao Colorado interessava a manutenção da liderança e ao Peixe a superação da série de desfalques provocados por um surto de Covid-19.

O primeiro tempo, no entanto, mostrou mais transpiração do que inspiração das duas equipes. O Inter, com escalação modificada, iniciou a partida com Dourado na vaga de Lindoso e a surpreendente escalação de Maurício na vaga deixada por Patrick. 

Nos primeiros minutos, o Colorado foi obrigado a mexer na equipe e se viu mais uma vez atingido por um problema de lesão. Edenilson foi a bola da vez. Ele sofreu a pior em uma dividida com Felipe Jonathan e teve de ser substituído por Rodrigo Lindoso. 

A presença de dois volantes mais marcadores dificultou a criatividade do Inter, que mais uma vez ostentou mais posse de bola do que o Santos, mas pouco aproveitou. Aos 21 minutos, Maurício, solto pela direita, fez um bom cruzamento para Abel Hernández. O uruguaio cabeceou e a bola foi para fora. 

Mais tarde, aos 34 minutos, o Inter voltou a assustar o Santos em uma jogada ensaiada. Lançamento foi feito para dentro da área e Galhardo, livre, ajeitou para Lindoso. O volante entrou na corrida e concluiu o lance para uma grande intervenção do arqueiro santista John. Na sequência, a arbitragem marcou falta e exibiu o cartão amarelo para o atleta do Inter. 

O Santos, muito desfalcado e formatado com jogadores de base, tinha muito ímpeto, mas atitude se transformava em afobação. Menos quando a bola parava em Marinho, o jogador mais perigoso do Peixe. Foi dele o único lance importante do time paulista na etapa inicial. Aos 39 minutos, ele cobrou uma falta na intermediária de ataque e obrigou Lomba a fazer uma boa defesa num chute feito à meia altura. 

Depois disso, o jogo esfriou até o término do primeiro tempo. O Inter mostrou melhoras em relação ao jogo do América-MG, mas ainda apresentou os mesmos defeitos de sempre. 

Erros colorados e vitória santista 

O Inter voltou para o segundo tempo de maneira decidida a abrir o placar. Sem muita demora criou três chances em poucos minutos. O primeiro lance veio aos quatro minutos do segundo tempo. Uendel lançou Abel na direita, já dentro da área. O centroavante "chapou" a bola e John fez grande defesa para o Santos.

Na sequência, em uma série de cobranças de escanteios, Galhardo recebeu um cruzamento na cabeça e golpeou forte. John, mais uma vez fez uma grande intervenção.

Aos sete minutos, o Inter se aproveitou de uma distração de Pará e invadiu a área pela esquerda. Galhardo chegou até a área e quando engatilhou o chute não percebeu a chegada providencial de Luan Peres.

Porém, logo depois de empilhar chances importantes no jogo, o Inter sofreu um golpe duro. O Santos conseguiu um gol através de uma cobrança de falta. Aos 13 minutos, Ivonei bateu fechado, a bola passou pela defesa e por Lomba e morreu nas redes: 1 a 0. 

Minutos depois, em uma falha causada por um recuo curto de Rodinei, o Peixe chegou ao segundo gol. Marinho abafou o chute de Zé Gabriel e roubou a bola. Ele fez o chute para uma boa defesa de Lomba. A bola se ofereceu para Artur Gomes, que investiu contra a marcação e bateu novamente. Lomba fez a intervenção, mas deu rebote. Daí, bastou apenas para Kaio Jorge empurrar para dentro do gol: 2 a 0. 

Desesperado com o resultado de 2 a 0 do Santos, o técnico Abel Braga decidiu mudar o Inter em três posições. Entraram de uma vez só Praxedes, D'Alessandro e Leandro Fernández nas vagas de Dourado, Maurício e Marcos Guilherme, respectivamente.

O time, que era para ficar mais criativo, passou a dar chutões. As vitórias pessoais nas jogadas individuais ficaram mais escassas, dificultando ainda mais a vida do Colorado que precisava de uma reação imediata em poucos minutos.

Brasileirão 2020 - 21ª Rodada 

Santos 2

John; Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Wagner; Ivonei, Vinícius Balieiro e Felipe Jonatan; Marinho, Lucas Braga e Kaio Jorge. Técnico: Cuca. 

Inter 0

Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Marcos Guilherme, Galhardo e Maurício; Abel. Técnico: Abel Braga.

Gols: Ivonei, aos 13/2ºT; Kaio Jorge, aos 22/2ºT; 

Cartões Amarelos: Lindoso (I); Kaio Jorge (S);

Árbitro: Savio Pereira Sampaio 

Local: Vila Belmiro, Santos. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Miguel do Oeste - SC
Atualizado às 22h17 - Fonte: Climatempo
21°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 25°

21° Sensação
9.7 km/h Vento
81.4% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (05/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 20°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias