Sábado, 16 de Janeiro de 2021 14:32
(49) 99110-3040
Saúde Tratamento

Tratamento com ozônio contra Covid-19 em Itajaí já atendeu mais de 80 voluntários

Ao todo, 49 pacientes concluíram o tratamento.

11/01/2021 20h07
Por: Maico Zanotelli Fonte: NSC
Sociedade Brasileira de Ozonioterapia / Divulgação
Sociedade Brasileira de Ozonioterapia / Divulgação

A oferta de ozonioterapia com aplicação retal na rede pública de saúde de Itajaí, para tratamento experimental de pacientes com Covid-19, teve adesão de mais de 80 voluntários até agora. Os primeiros dados sobre a eficácia começam a ser reunidos em abril.

O tratamento gerou memes e piadas nas redes sociais em agosto do ano passado, quando foi anunciado pelo prefeito Volnei Morastoni (MDB). Diante da repercussão a prefeitura chegou a adiar o início da oferta de aplicações de ozônio na rede pública, e começou o protocolo sem alarde.

A pesquisa é conduzida pela Associação Brasileira de Ozonioterapia (Aboz), que conseguiu autorização da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) para fazer os estudos. De acordo com o presidente da entidade, médico Arnoldo de Souza, há instituições públicas e privadas em outras cinco cidades, além de Itajaí, que aderiram aos testes.

O protocolo experimental também é aplicado em Araraquara (SP), Campina Grande (PB), Cascavel (PR), Rio de Janeiro (RJ) e Governador Valadares (MG). A Aboz está em busca de mais parcerias pelo país.

A pesquisa pretende avaliar se as aplicações por via retal têm algum efeito sobre os pacientes com Covid-19 – por enquanto, não há eficácia comprovada. A técnica, que administra uma mistura de oxigênio e ozônio no corpo por diversas vias, não é consenso na comunidade médica e só tem autorização do Conselho Federal de Medicina para ser aplicada de forma experimental.

Alternativos

O ozônio não foi a primeira aposta da prefeitura de Itajaí em tratamentos alternativos contra a Covid-19. A administração faz distribuição de cânfora, um medicamento homeopático, e da ivermectina, um vermífugo, como medidas de suposta 'prevenção'. Ambas não têm comprovação de eficácia contra o coronavírus. O município já gastou pelo menos R$ 4,5 milhões para ofertar as duas medicações.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Miguel do Oeste - SC
Atualizado às 14h29 - Fonte: Climatempo
30°
Muitas nuvens

Mín. 21° Máx. 30°

31° Sensação
24.1 km/h Vento
45.1% Umidade do ar
90% (21mm) Chance de chuva
Amanhã (17/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens e chuva
Segunda (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 24°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias