Sábado, 16 de Outubro de 2021
20°

Muitas nuvens

São Miguel do Oeste - SC

Oeste Catarinense Coronavírus | SC

Centro Integrado de Operações do Oeste avalia melhoras na região desde sua implantação

O Hospital Regional São Paulo de Xanxerê, além disso, ativará mais 10 leitos de UTI nesta semana.

21/03/2021 às 13h24 Atualizada em 21/03/2021 às 13h44
Por: Júnior Recalcati Fonte: Oeste em Foco | Secom
Compartilhe:
Julio Cavalheiro | Secom
Julio Cavalheiro | Secom

Como resultado da implantação em fevereiro do Centro Integrado de Operações para o enfrentamento contra a Covid-19 no Oeste, a região já vem notando uma diminuição no número de casos ativos, na fila de espera por UTI e recentemente estabilizou a fila de espera por leitos clínicos, conseguindo zerá-la. Apesar do número elevado de casos, a melhora é evidente em algumas áreas. A Matriz de Avaliação de Risco na semana passada já indicava uma redução considerável no índice de transmissibilidade. 

“Dia 13 havia 104 pessoas na fila por um leito de UTI ou por uma transferência. Hoje, esse número reduziu para 67. Da mesma forma, desde o início do ano, o Estado já ativou 80 novos leitos de UTI. Eram 66 em janeiro. Atualmente, 146”, destacou o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

O Hospital Regional São Paulo de Xanxerê, além disso, ativará mais 10 leitos de UTI nesta semana. 

O Grupo de Trabalho, que se reuniu nesta quinta, mostrou também que houve um aumento de 164 leitos clínicos, desde a criação do Centro Integrado. Eram 183, antes; hoje, 347. A Macrorregião Oeste abrange 78 municípios e conta com 146 leitos UTI-Covid, sendo 90 em Chapecó, 25 em São Miguel do Oeste, 20 no Hospital São Paulo de Xanxerê e 11 no Hospital São José de Maravilha. 

Motta Ribeiro afirmou nesta semana que apesar de um avanço, o Governo do Estado e o Centro permanecem atentos e se reunindo constantemente para a análise dos resultados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias