Quinta, 02 de Dezembro de 2021
16°

Poucas nuvens

São Miguel do Oeste - SC

Oeste Catarinense Eleições gerais!

Suplente de deputado, PRF Fernando Beilfuss é cotado para disputar as eleições de 2022 na Câmara Federal

Morador de Pinhalzinho, Beilfuss obteve expressiva votação em 2018 e foi o candidato mais votado na região Oeste pelo PSL

10/04/2021 às 12h15 Atualizada em 11/04/2021 às 16h02
Por: Júnior Recalcati Fonte: Oeste em Foco
Compartilhe:
Redes Sociais | Reprodução
Redes Sociais | Reprodução

O policial rodoviário federal, Fernando Beilfuss, que concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) nas eleições de 2018, é cotado para disputar uma cadeira na Câmara Federal em 2022.

Suplente de deputado estadual pelo PSL desde a última eleição geral, Beilfuss obteve expressiva votação e foi o candidato mais votado na região Oeste pelo partido.

Morador de Pinhalzinho, ele revela que foi convidado por uma sigla partidária para disputar o cargo eletivo no próximo ano e está avaliando o convite. Inicialmente a ideia era concorrer a uma vaga na Alesc.

Fernando Beilfuss aponta que está em tratativas com líderes partidários e estuda um projeto em prol da sociedade. Ele frisa que o Oeste catarinense necessita de representantes com pulso firme e que tenham coragem de lutar pelos interesses regionais, trabalhando de modo eficiente a fim de atender as demandas da população.

Beilfuss é um defensor do presidente, Jair Bolsonaro, e do prefeito de Chapecó, João Rodrigues, pelo modelo de gestão e pela forma que conduzem as ações de políticas-públicas. Ele cita o tratamento precoce contra a Covid-19, onde Chapecó é um exemplo a ser seguido, pois em cerca de 30 dias, reduziu em 93% os casos ativos para a doença.

O tratamento precoce é ainda motivo de polêmica, no entanto, para Beilfuss, Bolsonaro e Rodrigues, não se trata especificamente de receitar cloroquina e ivermectina. Para o trio, tratamento precoce é tratamento imediato, com a receita de medicação que o profissional de saúde define para o paciente em cada estágio da doença.

Beilfuss acredita que o resultado positivo das ações na maior cidade do Oeste catarinense se deve a coragem e a persistência em executar um plano elaborado de forma consciente, responsável e pensando no bem-estar da comunidade. 

“E é dessa forma que o parlamento deve agir na defesa dos interesses da sociedade, eliminando vícios, interesses pessoais e político-partidário”, aponta Fernando.

Beilfuss alerta que as próximas eleições batem à porta e o eleitor precisa estar atento e analisar o trabalho dos atuais representantes, buscando saber o que de fato fizeram pela nossa região.

Receba notícias de São Miguel do Oeste e região pelo WhatsApp do Oeste em Foco

ENTRE NO GRUPO
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias