Segunda, 18 de março de 2019
(49) 98895-5546
Economia

26/12/2018 às 08h02

Júnior Recalcati

São Miguel do Oeste / SC

Redes de móveis e eletros fazem liquidação pós-Natal em janeiro
Entre as redes com iniciativas assim estão a Koerich, Berlanda, Havan e Schumann
Redes de móveis e eletros fazem liquidação pós-Natal em janeiro
Felipe Carneiro | NSC Total

Com os consumidores mais otimistas e a inflação baixa, redes varejistas catarinenses que atuam com eletros e móveis iniciam liquidações pós-Natal hoje e seguem com promoções, tendo como ponto alto a liquidação do início de janeiro, que já se tornou tradicional. É claro que com a Black Friday e o Natal, as vendas do setor ficaram um pouco mais diluídas entre novembro e janeiro. Mas, mesmo assim, vale a pena para as empresas e para os consumidores que têm mais oportunidades para escolher. Entre as redes com iniciativas assim estão a Koerich, Berlanda, Havan e Schumann.


A Koerich, da Grande Florianópolis, maior rede catarinense do segmento de móveis e eletros em faturamento, começa hoje a campanha saldão pós-Natal, com descontos progressivos. Segundo o presidente, Antonio Koerich, essa liquidação garante o terceiro grande período de vendas no segundo semestre no varejo. 


— O primeiro é a Black Friday em novembro, o segundo, o Natal e o terceiro as liquidações pós-Natal que se estendem até o início do ano – explica o empresário.


Entre as apostas da empresa estão também as vendas de produtos para enfrentar o calor, como ventiladores e aparelhos de ar condicionado. Outro novo foco da Koerich é o e-commerce, atuante na região Sul e com estreia no Sudeste ano que vem. 


Líder em número de lojas, com 195 distribuídas em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, a rede Berlanda, que tem matriz em Curitibanos, no Meio-Oeste, foca agora a liquidação de janeiro de 2019, aquela em que esvazia as lojas para incluir novos produtos. Segundo o presidente Nilso Berlanda, a expectativa é vender de 10% a 12% mais do que na edição deste ano, seguindo o mesmo desempenho das vendas natalinas, que cresceram 10% frente aos mesmos meses do ano passado. Em 2019, a liquidação será nos dias 7 e 8. Um diferencial da Berlanda é a presença em cidades menores dos dois Estados. 


— Nosso plano é ter uma loja em cada município de SC — conta o empresário que também foca a venda de ventiladores e ar condicionado nestes meses.  


A rede Havan, de Brusque, inicia hoje a liquidação, em janeiro, fará o liquida tudo. Embora se destaque no segmento de moda, é no de eletros que acelera mais o crescimento da receita. Segundo o presidente Luciano Hang, esses itens tiveram crescimento de 65% nas vendas este ano frente ao ano passado e alcançaram receita de R$ 2 bilhões. Para 2019, a Havan planeja investir R$ 500 milhões em novas lojas em SC e no Brasil. 


A rede Schumann, de Chapecó, que tem 80 lojas em SC e no RS, fortaleceu as vendas nos estabelecimentos físicos e no e-commerce e cresceu 10,2% em 2018. Um diferencial é a atuação com vendas on-line em todo o Brasil. Nesta virada do ano, o próximo foco da rede é o Liquida Schumann, dia 3 de janeiro. De acordo com o presidente da empresa, André Schumann, essa megaliquidação garante acréscimo de vendas de até 50% frente a um mês normal. 


— O ano de 2019 será de consolidação de vários projetos que tiveram início neste ano, como a abertura do primeiro Centro de Distribuição no Sudeste, além de outras novidades com o objetivo de estar cada vez mais próximo e presente na vida das pessoas — explica André Schumann. 


Ao consumidor


Para quem tem recursos e necessita investir em eletrodomésticos, eletroeletrônicos e móveis, o momento é favorável diante de tantas promoções. Dá para planejar e barganhar bons preços. Isto porque a pesquisa mensal do comércio feita pelo IBGE mostra que esse setor ainda enfrenta dificuldades desde a pesada recessão de 2015 e 2016. Nos últimos 12 meses até em outubro cresceu apenas 0,6% no Estado. 


Atenção aos turistas 


Para este verão, uma das apostas da Havan em SC é no crescimento de vendas para os turistas. Na temporada passada, visitantes brasileiros e estrangeiros (especialmente Argentina e Uruguai) garantiram crescimento de 40% das vendas frente a meses fora do período de férias.  

FONTE: NSC

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium