Sábado, 16 de Outubro de 2021
20°

Muitas nuvens

São Miguel do Oeste - SC

Santa Catarina Covid-19

Enfermaria Covid zerada no hospital de Xanxerê é reflexo da vacinação em SC

Atualmente, dos 20 leitos de UTI, apenas 11 estão ocupados. Em março, 35 pessoas estavam na fila por uma vaga

29/07/2021 às 15h19
Por: Maico Zanotelli Fonte: ND+
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Os oito leitos da enfermaria para a Covid-19 estão zerados de pacientes, segundo o boletim desta quarta-feira (28), do HRSP (Hospital Regional São Paulo), em Xanxerê, no Oeste do Estado. Vale lembrar que a unidade de saúde sofreu durante o último mês de março, em função da explosão de casos do novo coronavírus em toda a região. De acordo com o informativo, dos 20 leitos de UTI, apenas 11 estão ocupados atualmente.

O fato a comemorar é a redução no número de internações em decorrência da Covid-19 no hospital. Essa é a primeira queda na taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e de internação nessa unidade. Desde o início da pandemia, foram confirmados 900 casos relacionados a pandemia no HRSP.

Do total de pacientes internados, a taxa de recuperados é de 62,6% – o que representa 563 pacientes. Cenário bem diferente do registrado no auge da pandemia.

O diretor técnico do HRSP, o médico Mário Marques, vê uma luz no fim do túnel. “Os números estão caindo, tanto de novos pacientes internados, quanto de óbitos. Nossos números estão dentro da média nacional de recuperados e mortes”, explicou.

Na avaliação do profissional, um dos fatores decisivos para a melhora no cenário é a ampliação no número de pessoas vacinadas. “É importante frisar que essa queda dos números somente foi possível com o aumento do número de pessoas vacinadas. Temos que reforçar a necessidade de aumentar a vacinação, manter os cuidados de higiene e distanciamento social e, principalmente, enaltecer o SUS, que permite que todos, independentemente de sua classe social, tenham acesso a vacinação e aos serviços de saúde”, destacou o diretor técnico.

Um dos cenários mais críticos da pandemia, vividos no Hospital Regional São Paulo, ocorreu nos meses de fevereiro e março deste ano. No dia 2 de março, o HRSP estava com 100% de ocupação nas UTIs Geral e Neonatal, além da internação, ala Covid e na emergência, onde havia 35 pacientes, sendo 20 entubados, aguardando transferência para leitos de UTI Covid.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias