Oeste em Foco - Facebook
Fraude!
Estelionatários presos em São Miguel do Oeste aplicaram golpe em moradora de Maravilha
Crime ocorreu na segunda-feira (5). Nesta terça (5) eles tentaram enganar uma idosa na Gruta Nossa Senhora de Lourdes e foram presos em flagrante pela PM
06/02/2019 14h45
Por: Júnior Recalcati
Fonte: Oeste em Foco
Ilustração
Ilustração

A dupla de estelionatários presa nesta terça-feira (5) na Gruta Nossa Senhora de Lourdes no Centro de São Miguel do Oeste aplicou golpe em uma mulher na cidade de Maravilha na segunda-feira (4).

Um dia antes de serem presos na capital do Extremo-Oeste, os golpistas estiveram na cidade das crianças onde se apossaram de um cartão bancário da vítima, sacaram dinheiro e realizaram empréstimos.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher revelou que foi abordada por um dos suspeitos no Centro de Maravilha e que teria se identificado como morador de outra cidade. Na oportunidade ele havia solicitado algumas informações. Em seguida, o comparsa dele se aproximou e se apresentou como médico do Hospital São José dizendo que o bilhete que o homem possuía poderia estar premiado.

Os golpistas ainda simularam uma ligação para a Caixa Econômica Federal a fim de confirmar o prêmio na tentativa de fazer com que a vítima acreditasse na fraude. O homem que fez a abordagem inicial disse que era analfabeto e solicitou à mulher e o suposto médico para que abrissem uma conta bancária para a retirada do prêmio e ofereceu R$ 500 mil pela ajuda.

Conforme a PM, a vítima deslocou com os dois homens até a agencia bancaria para transferir o dinheiro para sua conta. O falso médico pegou uma quantia em espécie e o cartão bancário da mulher e teria colocado juntamente com o bilhete em um envelope enrolado com fita e lhe entregou informando para que ela fosse nesta terça-feira (5) em um mercado próximo de sua residência para retirar o prêmio.

A vítima foi até o local indicado e, neste momento, percebeu que havia caído em um golpe. Ela abriu o envelope e percebeu que dentro dele havia apenas papel. Ela acionou a Polícia Militar que registrou um Boletim de Ocorrência e repassou o caso à Polícia Civil. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários