Sábado, 25 de Setembro de 2021
13°

Poucas nuvens

São Miguel do Oeste - SC

Saúde Coluna Bruna Antunes

O que é setembro amarelo: Valorização da Vida e combate ao suicídio

Confira a coluna da psicóloga, Bruna Antunes, desta semana

09/09/2021 às 15h12 Atualizada em 16/09/2021 às 14h16
Por: Bruna Antunes Fonte: Oeste em Foco
Compartilhe:
Oeste em Foco
Oeste em Foco

O Setembro Amarelo é uma campanha em prol da valorização da vida e de prevenção ao suicídio. Um mês dedicado a promover a divulgação de serviços e temas relacionado com o suicídio, como objetivo de conscientizar a população e desmistificar o tema.

O que é suicídio?

É o ato de tirar a própria vida.

O que leva uma pessoa a querer tirar a própria vida? 

Fique atento para expressão de ideias ou de intenções suicidas: “Vou desaparecer”.  “Vou deixar vocês em paz”. “Eu queria poder dormir e nunca mais acordar”.  “É inútil tentar fazer algo para mudar, eu só quero me matar”. “Sou um fardo para todos”.

Sabe-se que outros fatores, como a exposição ao agrotóxico, perda de emprego, crises políticas e econômicas, discriminação por orientação sexual e identidade de gênero, agressões psicológicas e/ou físicas, sofrimento no trabalho, diminuição ou ausência de autocuidado. 

Doenças como depressão, ansiedade, transtorno de personalidade também estão bem presentes nos casos. Situações de stress pontual também registram suicídios- pessoas que causaram acidentes, assassinaram outro, bullyng intenso, abuso, traições amorosas. 

Todos esses podem ser fatores que vulnerabilizam, ainda que não possam ser considerados como determinantes para o suicídio. Sendo assim, devem ser levados em consideração se o indivíduo apresenta outros sinais de alerta para o suicídio.

Como a pessoa em sofrimento se sente?

No momento quem tem ideias suicidas, combina 2 ou mais sentimentos ou ideias conflituosas, a vontade de morrer e a vontade de viver, aliada ao sentimento de acabar com o sofrimento e com a dor.

Durante muito tempo, falar sobre suicídio foi um tabu, havia medo de se falar sobre o assunto. Saber quais as principais causas e as formas de ajudar pode ser o primeiro passo para reduzir as taxas de suicídios. 

Como falar com que expressa a vontade de morrer?

Oferecendo escuta sem julgamento, sem medo. A pessoa em sofrimento sabe o que ela está pensando e o que ela deseja naquele momento é de alguém que a ouça, que esteja do lado dela, pronta para acolhe-la, ouvi-la, respeitá-la. As vezes nem é preciso falar nada, apenas estar presente. 

Falar com responsabilidade, de forma adequada e alinhada ao que recomendam as autoridades de saúde, para que o objetivo de prevenção seja realmente eficaz.

É importante sempre orientar a pessoa ao serviço especializado, no entanto seu apoio naquele momento de crise é importante para que ela se sinta acolhida. Nunca deixa uma pessoa em risco sozinha. Alerte sempre os familiares.

Nunca diga isso!!

A pessoa em sofrimento espera ser acolhida e não julgada, portanto não fale frases como:

 “Isso é covardia ”. “É loucura”. “É fraqueza”. Banalizar: “É por isso que quer morrer? Já passei por coisas bem piores e não me matei”. “Você quer chamar a atenção”. “Te falta Deus”. “Isso é falta de vergonha na cara”. “Tantas pessoas com problemas mais sérios que o seu, siga em frente”.

Onde buscar ajuda?

Serviços de saúde CAPS e Unidades Básicas de Saúde (Saúde da família, Postos e Centros de Saúde). Centro de Valorização da Vida – CVV pelo telefone 188, Emergência SAMU 192, UPA, Pronto Socorro e Hospitais.

https://www.cvv.org.br/wp-content/uploads/2017/09/folheto-popula-o.pdf

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bruna Antunes
Bruna Antunes
Sobre Bruna Antunes, natural de Descanso, tem 32 anos, é Bacharel em Psicologia pela UNOESC de São Miguel do Oeste e graduada em Administração de Pessoas pela Uniasselvi, e atua como psicóloga do CRAS de São João do Oeste. A coluna objetiva abordar temas relacionados à psicologia de forma clara a fim de agregar conhecimentos e facilitar a interpretação dos leitores. Além disso, Bruna destaca reflexões sobre a importância e os cuidados necessários com a saúde mental.
São Miguel do Oeste - SC Atualizado às 07h06 - Fonte: ClimaTempo
13°
Poucas nuvens

Mín. 12° Máx. 26°

Dom 29°C 13°C
Seg 31°C 16°C
Ter 30°C 19°C
Qua 27°C 19°C
Qui 39°C 17°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias