Oeste em Foco - Facebook
Medida cautelar!
Câmara faz coletiva de imprensa para falar sobre caso do vereador Odemar
Advogado do Legislativo, Luiz Pichetti, destaca que a decisão tem caráter cautelar e provisório e que preza pela segurança de pessoas envolvidas na investigação
21/03/2019 14h25
Por: Oeste em Foco
Fonte: Oeste em Foco | Ascom
Tiarajú Goldschmitd | Câmara de Vereadores
Tiarajú Goldschmitd | Câmara de Vereadores

O vereador Odemar Marques (PDT) foi afastado de forma cautelar das funções de seu mandato. A Câmara de Vereadores foi informada da decisão judicial na manhã desta quinta-feira (21), e ainda no final da manhã o presidente da Câmara, Everaldo Di Berti, e o advogado do Legislativo, Luiz Pichetti, informaram a população sobre a decisão através de coletiva de imprensa.

Luiz Pichetti explicou que em paralelo à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) formada na Câmara de Vereadores, há uma investigação no Ministério Público e na Polícia Civil. Pichetti explicou que a decisão tem caráter cautelar e provisório e que preza pela segurança de pessoas envolvidas na investigação. Além da suspensão do exercício do cargo de vereador, Odemar está proibido de se aproximar a menos de 100 metros de algumas pessoas e a menos de 200 metros da Câmara de Vereadores e do Fórum de São Miguel do Oeste.

O presidente Everaldo Di Berti ressaltou que o pedido de afastamento não partiu da Câmara de Vereadores. Ele ressaltou que irá cumprir a decisão judicial e que, se a suspensão perdurar por mais de dez dias, a Câmara irá convocar o suplente.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários