Terça, 30 de Novembro de 2021
27°

Poucas nuvens

São Miguel do Oeste - SC

Oeste Catarinense Repugnante!

VÍDEO: Jornalista é alvo de “sacanagem” durante cobertura de obras na BR-163 em São Miguel do Oeste

O fato foi encaminhado à superintendência regional do DNIT em Chapecó que comunicou em nota que a situação é inadmissível e que o caso será apurado junto à empresa e que as medidas cabíveis serão adotadas com o responsável

21/10/2021 às 18h24 Atualizada em 24/10/2021 às 13h46
Por: Júnior Recalcati Fonte: Oeste em Foco
Compartilhe:
Júnior Recalcati | Oeste em Foco
Júnior Recalcati | Oeste em Foco

O jornalista e diretor do Portal Oeste em Foco, Júnior Recalcati, teve uma surpresa desagradável na tarde desta quinta-feira (21), ao realizar uma cobertura jornalística dos trabalhos de manutenção realizados pela empresa LCM - Construção e Comércio S/A, na BR-163, em São Miguel do Oeste. (veja o vídeo no final da reportagem)

O profissional conta que chegou ao local com seu veículo particular, por volta das 15h, e estacionou no pátio de uma empresa, às margens da rodovia, montou os equipamentos de filmagem e iniciou os trabalhos de gravação. Ao encerrar as atividades, cerca de 20 minutos depois, voltou ao veículo e encontrou a maçaneta da porta do motorista suja de graxa. O jornalista conta que somente percebeu a “sacanagem” quando tocou no objeto para abrir o carro e sujou a mão.

Sem entender os motivos do ato repugnante, Recalcati fez uma breve filmagem, com o próprio celular, registrando o fato, repudiando a atitude de alguns profissionais da empresa. Segundo ele, o tratamento dado a imprensa que se mobiliza para mostrar o serviço realizado no local é da mesma proporção dada aos pagadores de impostos que desfrutam do serviço da empreiteira.

Conforme o jornalista, o caso ocorreu durante o registro de um trabalho de remendo profundo em um trecho da BR-163 na comunidade de Linha Três Curvas, no interior de São Miguel do Oeste. Recentemente a LCM - Construção e Comércio S/A realizou o reperfilamento da base asfáltica no local e aplicou uma nova camada, no entanto, cerca de três dias após a execução do serviço crateras se abriram em meio a pista. Para muitos motoristas o trabalho executado pela empresa mineira é de péssima qualidade e retrata a farra do dinheiro público, com o desperdício de recursos em serviços mal feitos, insumos fora dos padrões e a falta de fiscalização efetiva.

Além disso, a empresa contratada pelo DNIT, com sede em Belo Horizonte (MG), há cerca de seis anos já havia sido contratada em licitação semelhante para a realização deste tipo de serviço na região. Em 2019, a Justiça Federal condenou a empresa LCM Construção e Comércio S/A e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) por irregularidades no cumprimento do contrato de manutenção viária das BR’s 282, 158 e 163, no Extremo-Oeste. A sentença foi proferida pelo juiz, Márcio Jonas Engelmann, da 1ª Vara Federal de São Miguel do Oeste, em duas ações civis públicas ajuizadas em 2016 pelo Ministério Público Federal (MPF).

Desde agosto de 2021, a LCM Construção e Comércio S/A é a responsável pelas operações tapa buraco na BR-163 no Extremo-Oeste. O contrato tem prazo de 720 dias com valor de R$ 17 milhões. Além disso, a empresa deve realizar serviços de roçada, limpeza e a sinalização do trecho entre São Miguel do Oeste e Dionísio Cerqueira. A BR-282, que liga São Miguel do Oeste à Paraíso, na divisa com a Argentina, também foi incluída na licitação para receber os mesmos serviços.

O fato foi encaminhado à superintendência regional do DNIT em Chapecó que comunicou em nota que a situação é inadmissível e que o caso será apurado junto à empresa e que as medidas cabíveis serão adotadas com o responsável.

  ACOMPANHE OS NOSSOS CANAIS!  

Facebook - Instagram - YouTube - Aplicativo - Google News

Receba notícias de São Miguel do Oeste e região pelo WhatsApp do Oeste em Foco

ENTRE NO GRUPO
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Miguel do Oeste - SC
São Miguel do Oeste - SC
Sobre o município Considerada a capital do Extremo-Oeste catarinense, distante cerca de 655 km da capital e 130 km de Chapecó, possui cerca de 40 mil habitantes. Esta é a maior cidade catarinense próximo à fronteira com a Argentina, polarizando importantes órgãos e instituições de saúde, educação, etc. É muito utilizada como ponto de parada de turistas argentinos, paraguaios e chilenos que visitam as praias catarinenses ou por brasileiros a caminho das Cataratas do Iguaçu.
São Miguel do Oeste - SC Atualizado às 12h04 - Fonte: ClimaTempo
27°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 28°

Qua 29°C 14°C
Qui 31°C 15°C
Sex 34°C 16°C
Sáb 34°C 17°C
Dom 31°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias