Facig 2019
Valorização!

Assistência Social prioriza produtos da agricultura familiar em eventos

Projeto de compra de produtos para eventos da Secretaria tem como foco o desenvolvimento social e econômico de agricultores familiares, urbanos, periurbanos, povos e comunidades tradicionais, populações indígenas e quilombolas

25/05/2019 13h52
Por: Júnior Recalcati
Fonte: Oeste em Foco | Secom
SST
SST

Com 20 anos de trabalho dedicados a sua pequena empresa e com o apoio diário da família para dar conta da demanda, a empreendedora Veronilde Casagrande Crussaro, que trabalha com bolachas artesanais, se viu obrigada a reforçar sua equipe para um pedido especial.

Moradora da cidade de Faxinal dos Guedes, ela foi a vencedora da licitação de bolachas artesanais adquiridas da agricultura familiar pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), por meio da Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional (Disan). Os biscoitos foram oferecidos em um seminário realizado pela Diretoria de Estado da Assistência Social em Chapecó.

A ação da compra dos produtos da pequena empresa deixou a proprietária muito feliz. “Nós também vendemos para a merenda escolar aqui na nossa região. Mas, receber pedidos de eventos grandes como este, de uma Secretaria de Estado, nos empolga”, ressaltou Veronilde. No cardápio, bolacha de laranja, de milho, de polvilho com côco e a tradicional caseira foram oferecidas aos participantes do evento.

A secretária da SST, Maria Elisa De Caro, explica que o projeto de compra de produtos para eventos da Secretaria tem como foco o desenvolvimento social e econômico de agricultores familiares, urbanos, periurbanos, povos e comunidades tradicionais, populações indígenas e quilombolas. “Queremos priorizar também os produtos da agrobiodiversidade catarinense. Trata-se de uma ideia muito interessante. Esta foi a primeira compra e já deu bons resultados, sendo os produtos aprovados por quem comeu e quem apenas conheceu o projeto”, resumiu Maria Elisa.

O intuito é que a aquisição destes produtos seja priorizada ainda em outras secretarias do Estado. “Já levamos o assunto para a pauta da reunião do colegiado, também foi muito bem visto por todos e deve ser adotado nas outras pastas em breve. Não podemos deixar de destacar que também vai gerar economia”, pontuou a secretária.

Na avaliação da diretora da Disan, Naianne Hoffmann, as compras feitas diretamente da agricultura, além de estimular circuitos mais curtos de comercialização é uma importante ferramenta para a promoção da alimentação adequada e saudável, já que são alimentos mais frescos e minimamente processados. “Queremos sensibilizar todos os gestores do Estado para que adotem esta inovação em suas secretarias e municípios”, disse ela.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários