Facig 2019
Três pontos fora!

Renato fala em "vitória da superação" diante dos desfalques contra o Botafogo

Técnico voltou a citar importância da parada para a Copa América por conta de número de jogadores no Departamento Médico

12/06/2019 21h47
Por: Júnior Recalcati
Fonte: Oeste em Foco
Lucas Uebel | Grêmio
Lucas Uebel | Grêmio

O técnico Renato Portaluppi citou "vitória da superação" diante dos desfalques na partida contra o Botafogo, vencida pelo Tricolor por 1 a 0 no Rio, na noite desta quarta-feira (12). Além dos desfalques já esperados, o time perdeu o zagueiro Geromel e o volante Maicon já no aquecimento no gramado do estádio Nilton Santos. Com isso, teve de recorrer novamente a improvisações para ajustar o time. 

Diante dos problemas e dos desfalques, o treinador citou que a importância, mais do que a atuação, eram os três pontos a serem conquistados. Renato lembrou repetidas vezes a colocação do Botafogo no Campeonato Brasileiro – quarto na tabela até então – e frisou que os cariocas ainda não haviam perdido em casa. "Viemos com desfalques e tivemos o controle do jogo", afirmou.

Questionado sobre estar satisfeito no momento da parada para a Copa América, ele admitiu incômodo com a situação, já que, na avaliação do técnico, o Grêmio está acostumado a brigar por títulos nas competições que disputa. No entanto, disse que, diante dos problemas enfrentados pelas lesões, situação é satisfatória dentro do possível. 

Novamente, o treinador repetiu uma máxima das suas entrevistas ao longo das últimas semanas. Citou a importância da parada para a Copa América para recuperar todo o grupo, e ter todo mundo à disposição novamente, quando o Grêmio retoma, além da disputa pelo Brasileirão, a briga pela classificação nas quartas da Copa do Brasil e nas oitavas da Libertadores. "Vamos recuperar. O Grêmio completo é muito forte, por conta do conjunto. De maneira alguma podemos perder tantas peças assim", frisou. 

Renato exaltou a qualidade do adversário, e classificou como "muito difícil" o duelo no Rio de Janeiro. "Mesmo sem sete jogadores, dominamos o jogo o tempo todo e vencemos uma partida muito difícil", finalizou. 

Agora, o Grêmio espera a parada para a Copa América para retomar os jogos apenas no mês de julho. Pelas oitavas de final da Libertadores, o adversário será o Libertad. Já pela Copa do Brasil, encara o Bahia em dois duelos. O primeiro compromisso na volta do Brasileirão será diante do Vasco da Gama, em casa. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários