Facig 2019
Julgamento!

Três vão a júri por homicídio após briga de trânsito em Chapecó

Júri será nesta sexta-feira (14) no Fórum da Comarca de Chapecó

13/06/2019 09h23Atualizado há 3 meses
Por: Júnior Recalcati
Fonte: Oeste em Foco | TJSC
Divulgação
Divulgação

Eram quase 3h do dia 20 de setembro de 2014 quando dois carros colidiram lateralmente. Os retrovisores bateram, sem grandes danos materiais. O acidente aconteceu no alto da Avenida Getúlio Vargas, principal rua de Chapecó. Ederson Bender Melotti, de 26 anos, era um dos motoristas e “fechou” o outro carro envolvido, dirigido por Ricardo Florianovitch. Ao descer do veículo, Melotti fez sinal para que um terceiro carro parasse. Dois homens estavam nesse veículo: Vinícius da Cruz Valgarenghi, de 22 anos, e Leandro Kovalski, de 26 anos.

A pedido de Melotti, Valgarenghi foi ao carro buscar uma faca. Kovalski chutou Florianovitch. Foi quando Ederson esfaqueou Ricardo. Momentos depois, os três suspeitos foram presos na casa de Melotti. Essas informações constam na denúncia oferecida pelo Ministério Público. O júri dos três acusados será nesta sexta-feira (14), no Fórum da Comarca de Chapecó.

Acusação

Ederson Bender Melotti será julgado por homicídio qualificado por motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. Vinícius da Cruz Valgarenghi e Leandro Kovalski respondem por participar material e moralmente no homicídio qualificado pelo uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. O processo conta com 56 testemunhas.

​A sessão inicia às 9h sob regência do juiz da 1ª Vara Criminal, Jeferson Vieira. A promotora será Marta Fernanda Tumelero, com assistência de Osmar Macedo. Na defesa, atuarão os advogados Alexandre Santos Correia de Amorim e Marco Antônio Vasconcelos.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários