Facig 2019
Um ponto em casa!

Empate com o Flu deixa a Chape na zona de rebaixamento

Time catarinense sai na frente mas cede o empate e perde posição na tabela

13/06/2019 22h06
Por: Júnior Recalcati
Fonte: NSC
Tarla Wolski
Tarla Wolski

Com o empate por 1 a 1 com o Fluminense na noite desta quinta-feira, na Arena Condá, a Chapecoense caiu para a zona de rebaixamento e terá que conviver com esta situação incômoda por um mês, devido à disputa da Copa América. O time catarinense fica com oito pontos em nove jogos, mesma pontuação do Fluminense, mas com saldo negativo de quatro gols, contra três negativos do tricolor. A Chapecoense é a primeira na zona de rebaixamento e, o Fluminense, o primeiro fora.

O time catarinense começou muito bem a partida. Nem bem a bola rolou e a Chapecoense já abriu 1 a 0 com Everaldo, aproveitando bom cruzamento de Camilo e cabeceando alto, no canto, fora do alcance do goleiro Agenor. O atacante chegou a cinco gols, igualando-se na artilharia do campeonato com Gabriel, de Flamengo, e Eduardo Sasha, do Santos.

Por pouco Everaldo não marcou seu sexto gol logo depois, quando recebeu na entrada da área e tentou encobrir Agenor, só que o goleiro conseguiu fazer a defesa.

Outro lance perigoso da Chapecoense no primeiro tempo foi uma cobrança de falta de Camilo, na cabeça de Douglas, que mandou por cima.

Depois da pressão inicial na saída de bola do Fluminense a Chapecoense recuou um pouco e o Fluminense passou a ter boas chances. Até chegou a marcar um gol mas João Pedro estava impedido.

Num chute forte de fora da área de Brenner o goleiro Tiepo teve que mandar a bola para escanteio. E também trabalhou bem em chute cruzado de dentro da área, de João Pedro. Quando ele não conseguiu defender, a defesa ajudou a afastar o perigo.

- A gente sabia que o time deles tocava bem a bola, o Ney (Franco) pediu para pressionar e a gente conseguiu fazer o gol e quase fiz o segundo. Depois automaticamente baixamos a marcação para tentar os contra-ataques – disse Everaldo, na saída do intervalo.

Só que a pressão do Fluminense resultou em pênalti logo no início da segunda etapa. A bola bateu na mão de Douglas, o juiz inicialmente não deu mas posteriormente, ao conferir imagens do VAR, deu a penalidade.

Ganso cobrou e empatou a partida. Depois do gol o jogo ficou tenso, com algumas discussões e empurrões entre os jogadores, quer resultaram em cartões amarelos.

Com a bola rolando Everaldo teve uma boa oportunidade na esquerda mas finalizou para fora. Outra chance foi em cobrança de escanteio de Camilo, que desviou na zaga e sobrou para Douglas, que acabou chutando poucos centímetros acima do travessão.

O Fluminense ficou com um jogador a menos aos 44 minutos do segundo tempo, após a expulsão de Allan. Mas já não havia tempo suficiente para a Chapecoense fazer valer a vantagem.

O próximo jogo será somente no dia 14 de julho, contra o Atlético Mineiro, na Arena Condá. Chapecoense terá que corrigir bastante coisa até lá.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE-1

Tiepo, Bryan (Renato Kayzer), Gum, Douglas e Ernandes; Márcio Araújo, Elicarlos e Gustavo Campanharo (Aylon); Camilo, Arthur e Everaldo. Técnico: Ney Franco

FLUMINENSE-1

Agenor, Igor Julião (Mascarenhas), Yuri, Nino e Caio Henrique; Allan, Daniel (Frazan) e Ganso, Marcos Paulo, Brenner (Ewandro) e João Pedro. Técnico: Fernando Diniz.

GOL: Everaldo (C), aos 2 minutos do primeiro tempo. Ganso (F), aos 13 minutos do segundo tempo

ARBITRAGEM: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira (Trio de MG). Var com Thiago Duarte Peixoto (SP)

CARTÕES AMARELOS: Everaldo, Camilo (C); Igor Julião, Ganso, Mascarenhas, Yuri e Ewandro (F)

EXPULSÃO: Allan (F), aos 44 minutos do segundo tempo

LOCAL: Arena Condá, em Chapecó

PÚBLICO: 6.257

RENDA: R$ 129.090,00

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários