WhatsApp
Alarmante!

Em 10 dias, 358 ocorrências de queimadas foram registradas

Na região do 12º BBM, de São Miguel do Oeste, foram 133 ocorrências neste ano

24/08/2019 10h37
Por: Júnior Recalcati
Fonte: G1
Corpo de Bombeiros
Corpo de Bombeiros

Em 10 dias, Santa Catarina registrou 358 ocorrências de queimadas, segundo o Corpo de Bombeiros Militares. A estiagem prolongada e a prática irregular de atear fogo em terrenos têm corroborado com a situação.

De 1º de janeiro até 12 de agosto, foram 1.655 atendimentos feitos pelos bombeiros. Até 21 de agosto, o acumulado do ano chegou a 2.023 incêndios. Na região do 12º Batalhão de Bombeiro Militar de São Miguel do Oeste, no período de 1º de janeiro a dia 21 de agosto, foram registradas 133 ocorrências do tipo.

Conforme o tenente-coronel Jefferson de Souza, o número de ocorrências é considerado alto e é propiciado pela baixa incidência dos índices pluviométricos (chuva), bem como a baixa umidade do ar. "Mas nossos dados dão conta que mais de 90% das ocorrências têm causa humana. Pela ação ou omissão", explica o coronel.

Regiões

Por região, levando em conta os batalhões de atendimento, o Oeste tem o maior número de ocorrências. Juntos, os bombeiros de Chapecó, Joaçaba, São Miguel do Oeste e Xanxerê atenderam 618 chamadas de incêndio.

No Extremo-oeste, lideram o ranking de queimadas as regiões atendidas pelos bombeiros de Palma Sola, São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira e São Lourenço do Oeste.

"Sabemos que é muito comum em pequenas propriedades o agricultor fazer a limpeza de pastagem e a extinção de pragas com o fogo. Ou até incendiar lixo em terreno de vegetação. Daí ocorre a perda de controle", afirma o coronel.

Estiagem

Segundo boletim da Epagri/Ciram desta sexta-feira (23), 15 estações hidrológicas do estado estão em condição de estiagem. Outros sete mananciais estão em alerta hidrológico.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários