Facig 2019
Golpe!

Homem que “comprou” resfriadores em Descanso e Santa Helena é preso pela Polícia Civil

Ele já foi indiciado pelo crime de roubo, além de ser suspeito da prática de outros crimes de estelionato praticado nas cidades de Guaraciaba, Cunha Porã e Maravilha.

24/08/2019 11h11Atualizado há 4 semanas
Por: Júnior Recalcati
Fonte: Oeste em Foco
Polícia Civil
Polícia Civil

Um homem foi preso nesta sexta-feira (23) em Maravilha acusado de crimes de estelionato em Descanso e Santa Helena. De acordo com a Polícia Civil, ele conseguiu enganar duas famílias de agricultores que postaram em redes sociais a venda de resfriadores de leite. O criminoso monitorava grupos de compra e vendas no Facebook, fazia contato com as vítimas e simplesmente “sumia” com o equipamento, sem dar satisfações e realizar pagamentos.

Conforme a PC, o homem adquiriu sem pagar um resfriador de leite de 300 litros avaliado em R$ 4 mil de uma propriedade do interior de Santa Helena no dia 11 de julho. No dia 13 de agosto, no interior de Descanso, negociou um resfriador de 500 litros, avaliado em R$ 5 mil. Em todos os casos o acusado alegava que possuía um financiamento aprovado e que pagaria aos vendedores nos dias seguintes.

Após diversas diligências e troca de informações, policiais civis de Descanso e Santa Helena conseguiram identificar o autor que se utilizava de diversos perfis no Facebook e números de celular para fazer contato com as vítimas. Ele não exibia documentos e não permitia ser fotografado a fim de evitar uma possível identificação.

Na ação o suspeito utilizava uma Nissan Frontier, de cor preta, para carregar os resfriadores. O veículo foi apreendido, mas os equipamentos ainda não foram localizados. 

Segundo a polícia, o autor já foi indiciado pelo crime de roubo, além de ser suspeito da prática de outros crimes de estelionato praticado nas cidades de Guaraciaba, Cunha Porã e Maravilha.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários