WhatsApp
Passo à frente!

Clube Esportivo Guarani estuda voltar ao futebol profissional em 2020

Bugre do Oeste Guarani, que é conhecido em Santa Catarina, estuda retomar a história do clube no futebol profissional, revivendo as emoções nas partidas diante dos tradicionais clubes do Estado, como no período entre 1975 e 1979, no qual o Guarani disputou o Campeonato Catarinense

07/10/2019 06h35
Por: Júnior Recalcati
Fonte: Oeste em Foco | Ascom
Divulgação
Divulgação

A comitiva da Federação Catarinense de Futebol que faz jornada pelo Estado chegou a São Miguel do Oeste no início deste mês. O presidente Rubens Angelotti e os demais integrantes foram recebidos no estádio Padre Aurélio Canzi, pelo presidente do clube, Ênio Domingos Giacomelli e pelo presidente da Liga Esportiva Fronteirista, Josemar Carlos Signor.

O Guarani, que é conhecido em Santa Catarina, estuda retomar a história do clube no futebol profissional, revivendo as emoções nas partidas diante dos tradicionais clubes do Estado, como no período entre 1975 e 1979, no qual o Guarani disputou o Campeonato Catarinense. O retorno do Clube Esportivo Guarani ao futebol profissional em 2020 para a disputa do Campeonato Catarinense da Série C foi o principal assunto tratado no encontro.

Após observarem as instalações do estádio Padre Aurélio Canzi, a comitiva da FCF relacionou alguns aspetos destacados no Manual de Infraestrutura de Estádios da FCF previstos já para 2020, como a padronização das dimensões do campo de jogo e especificação do tipo de gramado. Ainda conforme o manual, quanto à capacidade, para disputa do Campeonato Catarinense da Série C são exigidos 500 lugares sentados.

Além do presidente Rubens Angelotti, compõem a comitiva da FCF o diretor de Competições Especiais, Carlos Fernando Crispim, o diretor de Ligas Não Profissionais, José Carlos Goulart Júnior e o gerente de Operações, Roger Mori Borges. Também estiveram presentes no encontro o presidente Conselho Deliberativo do Guarani, Miguel de Moura, o diretor Jurídico, Egon Brickmann, o vice-presidente da Liga Fronteirista, Thiago Caspers, e a secretária do Guarani, Fernanda de Moura.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários