WhatsApp
Ensino!

Chapecó, Palhoça e Biguaçu terão escolas estaduais no modelo cívico-militar em SC

Secretário da Educação lembra que as adequações ao modelo federal preservam a autonomia e liderança da gestão escolar, exercida pelos diretores, bem como a atuação dos educadores

05/11/2019 16h54
Por: Júnior Recalcati
Fonte: Oeste em Foco | Secom
Ricardo Wolffenbuttel | Secom
Ricardo Wolffenbuttel | Secom

A EEB Professor Ângelo Cascaes Tancredo, em Palhoça, é a segunda escola estadual de Santa Catarina a aderir ao modelo cívico-militar proposto pelo governo federal. A unidade escolar que fica no bairro Bela Vista está em fase de finalização das obras e entrará em funcionamento no ano letivo de 2020. A primeira a anunciar a participação no programa do Ministério da Educação (MEC) foi a EEB Emérita Duarte Silva e Souza, em Biguaçu. Além das duas escolas da Grande Florianópolis, uma em Chapecó também fará parte do projeto, mas ainda não foi definida.   

"Selecionamos as duas primeiras escolas. Uma estabelecida e em atividade, em Biguaçu, e a segunda em outra configuração, a de uma escola que ainda irá iniciar as suas atividades, em Palhoça. Estamos trabalhando na seleção da terceira escola estadual, em Chapecó, de acordo com os requisitos estabelecidos pelo MEC para o modelo do PECIM", explica o secretário da Educação, Natalino Uggioni.

A Escola Professor Ângelo Cascaes Tancredo atenderá a até 400 alunos por turno, do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio. Serão entregues 12 salas de aula; biblioteca com dois pavimentos; dois laboratórios de tecnologia; dois laboratórios multiuso com bancadas para disciplinas como Química, Física, Biologia e Matemática; refeitório; auditório; ginásio e teatro arena a céu aberto.

Seleção em Chapecó

Na última sexta-feira, 1, a Secretaria de Estado da Educação (SED) recebeu confirmação do MEC de que poderia selecionar uma escola estadual no município de Chapecó, como nova cidade contemplada pelo Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (PECIM), fora da região metropolitana da Capital.  

A SED está realizando o levantamento de perfil das unidades e realizará os procedimentos de comunicação e aprovação junto à comunidade escolar para realizar o anúncio. O secretário da Educação lembra que as adequações ao modelo federal preservam a autonomia e liderança da gestão escolar, exercida pelos diretores, bem como a atuação dos educadores.

"Todo o processo pedagógico, o plano de gestão escolhido pela comunidade, a integração de disciplinas e atuação dos professores em sala de aula terão continuidade e estímulo dentro do modelo apresentado pelo MEC. As estruturas didático-pedagógicas e de gestão que temos terão como acréscimo o apoio dos militares atuando em todas as questões de ambiência escolar, para que possamos empreender esforços em uma melhora na qualidade do ensino".

O MEC anunciou ainda, na sexta-feira, que uma escola municipal de Itajaí também irá aderir ao programa.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
São Miguel do Oeste - SC
Atualizado às 18h48
25°
Poucas nuvens Máxima: 31° - Mínima: 21°
25°

Sensação

4 km/h

Vento

66%

Umidade

Fonte: Climatempo
Oeste em Foco
Oeste em Foco - Instagram
Municípios
Funerária Mayer
Últimas notícias
Churrascaria do Pingo e do Márcio (Tradição)
Mais lidas
Oeste em Foco - Anuncie Aqui
Anúncio