Sexta, 21 de setembro de 2018
(49) 98895-5546

17º

Min 18º Max 27º

Parcialmente nublado

Sao Miguel D'Oeste - SC

às 00:02
Política

07/09/2018 às 20h39

Júnior Recalcati

São Miguel do Oeste / SC

Pleno do TRE-SC aprova registros de candidatura para governador e senador
Todos os registros podem ser consultados pelo sistema DivulgaCandContas
Pleno do TRE-SC aprova registros de candidatura para governador e senador
Reprodução

Na sessão desta quinta-feira (6), os juízes do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina deferiram os pedidos de registro de candidatura de Gelson Merisio, para governador, de João Paulo Kleinübing, para vice-governador, e de Raimundo Colombo, para senador, todos da Coligação "Aqui é trabalho" (PSD/PRB/PDT/PSB/PODE/SOLIDARIEDADE/PROS/PSC/PCdoB/PHS/PP/DEM/PRP/PPL/PV).


Na ocasião, também foram apreciadas as notícias de inelegibilidade apresentadas contra os candidatos João Paulo Kleinübing e Raimundo Colombo, ambas consideradas improcedentes por unanimidade pelo Pleno do TRE-SC.


O relator dos três processos de registro de candidatura, juiz Vitoraldo Bridi, ao julgar a notícia de inelegibilidade apresentada contra Kleinübing, destacou, com base no parecer do Procurador Regional Eleitoral, que " a representação que tramitou no TCE-SC e embasou tal notícia, não enseja a dita inelegibilidade, uma vez que, em síntese, não houve rejeição de suas contas relativas ao exercício de funções públicas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa. Em decorrência não restam preenchidos os requisitos que poderiam implicar a respectiva inelegibilidade".


Já no caso de Colombo, o relator também avaliou a notícia de inelegibilidade como improcedente, citando a Procuradoria Regional Eleitoral, que se manifestou da seguinte maneira: "o processo que diz respeito à auditoria do TCE-SC, realizada no CIASC, para que sejam apuradas irregularidades financeiras envolvendo essa sociedade de economia mista e o estado de Santa Catarina, que tramita no TCE-SC e embasou tal notícia não enseja dita inelegibilidade, uma vez que, em síntese, não houve rejeição de suas contas relativas ao exercício de funções públicas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa".


Todos os registros podem ser consultados pelo sistema DivulgaCandContas.

FONTE: Oeste em Foco | Ascom

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium